quinta-feira, 1 de março de 2012

Turma da Mônica Jovem #43 - Crossover com Tezuka

Não é segredo pra ninguém que o Maurício de Sousa vem há anos tentando conseguir esse crossover entre os personagens da Turma da Mônica e os personagens do Osamu Tezuka. Eu acompanhei a TMJ durante dois anos até desistir, o Maurício de Sousa afirmava que queria fazer um produto para "resgatar" (sic) as crianças que ele perdia quando entrava na adolescência, mas sinceramente eu só vejo um produto muito mais infantil do que a turminha original. É algo feito pros pais comprarem sem nem precisarem olhar pra verificar o conteúdo, é material inócuo e irrelevante, diversão descartável. Ele disse que abordaria temas como drogas, sexo etc. na TMJ, mas a TMJ acabou se tornando a revista mais infantil de todas, a TMJ não tem a profundidade de nenhuma história do Horácio, Papa-capim ou Chico Bento, virou só mais uma linha para arrancar dinheiro dos fãs, nos meus dois anos de coleção de TMJ só li duas histórias que se mostraram boas (muito boas, por sinal): O Brilho de um Pulsar e Monstros do ID, o resto é leitura descartável, é ler e jogar no lixo sem dó (tem umas que nem isso, tem uma história do Cascão jogando futebol contra robôs que simplesmente não dá pra ler de tão ruim). A "história para os adolescentes" que ele tanto alardeava só consegue atingir o mesmo público de sempre (criancinhas, pais e alguns adolescentes bobões que teimam em fingir que não estão se tornando adultos), os adolescentes continuam preferindo os mangás de verdade que falam a língua deles mesmo vindo do outro lado do mundo (afinal, é melhor contar com o lucro certo vindo da clientela de sempre do que arriscar fazer algo realmente para um público mais velho e que possa ofender os pais de uma criança de 6 anos que não deveria ler uma revista para adolescentes).

  Eu gosto do Tezuka, gosto muito. Tenho na minha coleção Buda, Adolf, Dororo e Metropolis (não recomendo), ou seja, quase tudo que saiu no Brasil. Tenho muito medo do que o Maurício de Sousa possa fazer com os personagens dele. Osamu Tezuka sabia falar com as crianças e nunca teve medo de mostrar uma cena de violência ou se morte. O Tezuka nunca banalizou a morte ou a violência ou as usou como mero fanservice, em Kimba, por exemplo, ele usou a morte para retratar o ciclo da vida (que ele copiou de "Bambi" da Disney e que por sua vez foi copiado em "O Rei Leão" da mesma Disney), em Buda ele usou a violência para construir sua belíssima crítica social e por aí vai. Tenho muito medo de ver a Saphire falando "hahaha, isso era antigamente agora eu cresci", mas eu espero que a equipe que cuida do legado do Tezuka tenha sido muito chata e tenha obrigado a equipe do Maurício de Sousa a criar um material que não envergonhe o nome do mestre Tezuka, o deus dos mangás.

  Eu vou comprar essa história, mesmo achando que a Turma da Mônica Jovem não vale o meu dinheiro. Vou resenhar e dar a minha opinião, se o material se mostrar bom eu posso voltar a acompanhar a TMJ, mas por enquanto eu prefiro muito mais a turminha de 6 anos que é muito mais madura do que os adolescentes bobalhões da Turma da Mônica Jovem, adolescente só tem tamanho.

P.s. Os personagens do Tezuka que aparecem na capa estão muito bonitos, conseguiram não fazer porcaria neles, espero que se aparecerem mais personagens eles também estejam com um visual bacana. Chorarei eternamente esse visual horroroso da Magali. Custava muito fazer um penteado melhorzinho para a coitadinnha?

7 comentários:

Mauricio disse...

Dei uma folheada na banca, sem parar pra ver com mais detalhes, mas fiquei com pena do Tezuka. Ele não merecia cair na mão da TMJ. Se ainda fosse um crossover com a TM tradicional, faria todo sentido.
É só um chamariz caça-níquel do Maurício e nada mais.

Tappyon disse...

Não suporto turma da monica jovem :|

Loki Takagi disse...

Checklist sai hoje?

Wildcat17 disse...

Eu sou fã de TMJ, mas que posso fazer? São opiniões. Sou um adolescente e, por apreciar uma obra infanto-juvenil, não significa que não quero admitir que cresço - pelo contrário, continuo a apreciar algo que me trás recordações de tempos anteriores. Enfim...

lillian disse...

"Metropolis (não recomendo)" Por que Kuroi? T_T Ouvi falar tão bem *-*


"Chorarei eternamente esse visual horroroso da Magali." HAUHAhauah XD

Verdade, Gosto muito muito de Turma da Monica, tenho milhares de gibis que comecei a colecionar com uns 14/15 anos. Mas esse TMJ não compro nem morta, uma grande palhaçada...vai entender.

lillian disse...

Só comprarei essas 2 edições para ver como ficou esse crossover... Afinal: é Tezuka <3

Lulu Tsuki disse...

Olha, eu ganhei o TMJ #43 e achei muito bom. A aventura será em duas partes e, pelo menos, nessa primeira parte não houve nenhuma descaracterização dos personagens do Tezuka-sensei, pelo contrário. Todos os que apareceram estão de acordo com o que eu esperava. Tomara que a segunda parte da história mantenha o nível! =3