domingo, 25 de março de 2012

One Piece tem quase 90% dos leitores adultos, aponta estudo.


  Estava olhando alguns blogs essa manhã e por acaso me deparei com essa matéria no Shoujo Café comentando sobre os leitores de One Piece no Japão. 

  Segundo uma pesquisa que foi comentada no Sankaku Complex em duas matérias a maioria dos leitores de One Piece têm mais de 30 anos e quase 90% dos leitores têm mais de 18 anos.:


1-12 – 3.0%
13-18 – 10.5%
19-29 – 37.4%
30-49 – 36.9%
50+ – 12.2% 


  O que isso nos diz? Bem, a Shounen Jump apesar do nome têm na maioria dos seus leitores pessoas com mais de 18 anos (não tenho fontes agora, mas lembro de cabeça já ter visto matérias que apontavam que menos de 30% dos leitores da Shounen Jump têm menos de 18 anos), o Japão é um país envelhecido, têm mais idosos do que crianças, as crianças preferem jogar videogames do que ler mangás e obviamente One Piece é um mangá que está sendo publicado há quase 15 anos (ele é de 1997), é normal que um garoto que começou a ler One Piece aos 10 tenha 25 agora e um garoto que tinha 15 hoje em dia tem 30 anos. O anormal mesmo é que só 14,5% dos leitores tenha até 18 anos.

P.s. Desculpem pela piadinha infame do aponta estudo, não resisti, mas como é uma pesquisa não deixa de ser verdade. xD

4 comentários:

Kuroi-Chan disse...

Eu faço parte dos 14,5% o/

Simon! disse...

Creio que isso não seja só no mercado japonês. Eu coleciono diversos mangás (atualmente são 13), tenho diversos amigos/amigas da minha faixa de idade (25 ~ 30 anos) que também colecionam...

Pra ser mais sincero, não conheço ninguém (pessoalmente) que leia mangás/assista animes que tenha menos de 20 anos.

Por isso acho que as editoras deveriam investir mais em mangás para o público adulto, mas sem deixar de lado os mangás para o público jovem (que na maioria dos casos são os adultos que compram, hahaha).

Abraço!

Tappyon disse...

Seria interessante a pesquisa fora do Japão também.

MateusSan10 disse...

Faz sentido, o público mais velho presta mais atenção na estória, que é o ponto alto de OP.