sexta-feira, 26 de junho de 2009

[RESENHA] Marmalade Boy


Miki é uma adolescente normal, que vive em uma família normal, todos na sua família são tão normais que poderiam ser até chamados de chatos de tão normais que eram, porém algo muda isso.
A história começa quando Miki volta para casa e descobre que seu novo e lindo colega de escola seria seu novo irmão. Como assim? É que durante uma viagem que seus pais fizeram na tentativa de reavivar a chama do casamento eles descobriram que não queriam continuar juntos. E o pior, durante a viagem eles conheceram um outro casal e cada um se apaixonou pelo par do outro.
Confuso? Exemplificando: Os pais da Miki e do Yuu fizeram uma troca de parceiros. Agora o pai da Miki se casará com a mãe do Yuu e a Mãe da Miki se casará com o pai do Yuu.
Para piorar a situação o Yuu ainda rouba um beijo da Miki e estremece seu coração.

Miki não sabe lidar com o novo estilo de vida dos pais, que além de terem se separado no papel passarm a viver juntos na mesma casa. Imagine isso, viver com um pai e uma mãe já é difícil, com dois pais e duas mães então... Mas talvez o pior mesmo seja o novo irmão, que além de ser um irmão pentelho é lindo e a pobre Miki não quer aceitar que tem uma queda por ele.

Se a situação já não estivesse complicada, para piorar tudo todo mundo na escola passa a comentar que ela anda muito grudada no aluno novo, os dois estão sempre indo e voltando junto e logo começam a correr os boatos de que os dois estão de namorico sendo que ninguém sequer tinha ideia do que realmente se passava na casa deles. Para piorar a situação o menino de quem a Miki gostava(ou será que ela ainda gosta?) antes do Yuu chegar escutou essa fofoca e resolveu tomar uma atitude, lutar por seu amor. E agora? A vida era tão fácil e de repente de tudo muda de uma vez só.

Um tema bastante desenvolvido na história é o Tênis. Na série a Miki é membro do time de Tênis da escola e o seu melhor amigo Ginta também. Para quem não conhece nada sobre Tênis é essencial a leitura do extra do volume 2 que explica as regras básicas. Aconselho também a quem puder dar uma olhada nas partidas de Tênis da Sportv munidos seus volumes 2 em mãos (aconteceu comigo por acidente e me ajudou muito a entender o jogo - minha mãe que adora o esporte também foi de grande ajuda xD).

Personagens principais:

Miki Koishikawa: Protagonista, uma garota nbormal e um pouquinho conservadora.

Yuu Matsura: Novo "irmão" da protagonista, rouba um beijo e estremece o coração da pobre Miki.

Ginta Suou: Antiga paixão da Miki, poderia ser considerado seu melhor amigo. Resolve tomar uma atitude depois que o Yuu aparece.

Meiko Akizuki: Misteriooosa, melhor amiga da Miki, é boa confidente mas parece não revelar muito sobre si mesma.

Arimi Suzuki: Ex-namorada do Yuu, não é uma personagem do mal, mas lutará pelo amor do Yuu de forma pouco convencional.

Jin Koishikawa: Pai da Miki

Rumi Koishikawa Matsura: Mãe da Miki, mudou de sobrenome após o novo casamento.

Youji Matsura: Pai do Yuu

Chiyako Matsura Koishikawa: Mãe do Yuu, agora tem o nome do novo marido.


Foi produzida uma série de anime para a TV pela TOEI, a série possui 76 episódios efoi ao ar de 13 de Março de 1994 até 3 de Setembro de 1995 pela TV Asahi e pela pela Fuji TV. O anime de Marmalade Boy foi ar em diversos países como: Estados Unidos, Espanha e Chile.

O mangá foi publicado pela revista Ribon da Editora Shueisha de Maio de 1992 até Outubro de 1995, o mangá foi lançado em formato tankohon em 8 volumes. O mangá é considerado um clássico shoujo.

O mangá foi transformado em Light Novel por Yumi Kageyama e saiu pelo selo Cobalt Bunko da Editora Shueisha, a Light Novel foi ilustrada pela Wataru Yoshizumi, ao todo foram 10 volumes de Light Novels lançadas entre Julho de 1994 e Março de 1996.

Foi produzido um filme com a duração de um episódio normal. O filme conta o ponto de vista do Yuu, desde o momento em que ele rouba um beijo da Miki, até o momento em que ele chega em casa e descobre que seria "irmão" dela.

Foram produzidos dois Artbooks da série, Marmalade Boy: Koi no Style Book e Marmalade Boy: Yoshizumi Wataru Illust-shuu.

Foi produzido um game simulador de namoro em que a Miki tem que conquistar um dos três potenciais namorados na série, Yuu, Ginta ou Kei, o jogo foi lançado em 1º de Janeiro de 1995 para Gameboy e depois para o Super Famicom (nome do SNES na Ásia aonde tem design um pouco diferente mais arredondado) em 21 de Abril de 1995.

Em 2002 foi produzido um Dorama em Taiwan com 30 episódios, o roteiuro do dorama tem muitas diferenças do roteiro original. O Dorama foi estrelado por Stella como Miki e Ken Chu da banda F4 como Yuu.


Algumas curiosidades:
  • Originalmente o protagonista da série seria o Yuu que teria uma personalidade animada, doce e inocente, mas os editores da Ribon não concordaram que o protagonista fosse um menino porque preferiam uma protagonista mulher, porque a maioria do público da revista é feminino, porque achavam que ele ficaria afeminado por ser desenvolvido por uma autora mulher e porque os brindes planejados para o lançamento da série (na edição de dia das mães) eram imãs de geladeira dos principais personagens. *lembrando que as antologias shoujo são entupidas de brindes para as leitoras*
  • Originalmente a autora, Wataru Yoshizumi planejava que Miki e Yuu fossem irmãos de sangue de verdade e por isso teriam que terminar o namoro com Ginta consolando a Miki dizendo que esperaria o tempo que fosse necessário até ela esquecer o Yuu e com o Yuu e a Meiko se reencontrando 4 anos depois frustrados com seus antigos relacionamentos, o final seria em aberto para os leitores pudessem imaginar. Entretanto a Wataru Yoshizumi decidiu enquanto escrevia o capítulo 3 que o motivo da preocupação dos pais seria pela troca de casais mesmo e não por terem ocultado um segredo tão grande durante tanto tempo.
Marmalade Boy é um delicioso romance com toques de comédia, será publicado em 8 edições em Tankohon inteiro (entre 176-208 páginas), o formato de publicação pela Panini Planet Mangá é de 13,7x20 cm, o preço é de 9,90R$ e a distribuição é setorizada. Possui pequenas ilustrações coloridas nas contra-capas.

3 comentários:

Anna! disse...

Nossa esse resumo ficou ótimo! Eu cheguei a comprar o primeiro volume e até achei bacaninha, mas sei lá.... não me empolguei a continuar comprando =/

Kadu disse...

Valeu Anna, eu pessoalmente achei o volume 1 fraco, mas achei que o mangá evoluiu bastante do volume 2 em diante. Continuo não curtindo muito a Miki e o Yuu mas tem outros personagens bem legais.

Sara disse...

Gostei muito de ver o anime, o manga n pude ainda ver, só vi o final. Gosto mais do final do anime, é mais emotivo, porque Miki vai ter com Yuu para os EUA onde é quase violada e aí Yuu percebe que n quer perder Miki, por mais que ixo pudesse levantar preconceitos... No manga, n é assim, achei o anime mais emotivo \o/

Gostei muito do teu resumo, está muito completo. Só quero corrigir uma coisa:

"Miki volta para casa e descobre que seu novo e lindo colega de escola seria seu novo irmão. "

Na verdade, a Miki descobre que os pais se divorciaram e quando conhece Yuu ainda n são colegas. Ela depois é que o vai levar ao colégio, para o primeiro dia dele.

Quer dizer, foi assim no anime.. n sei se o manga foi tao diferente x33